Uma cidade colonial em Minas Gerais, Ouro Preto é conhecida por suas fachadas barrocas, igrejas de design intrincado e ruas sinuosas de paralelepípedos. Sua incrível arquitetura transformou Ouro Preto no primeiro Patrimônio Mundial da UNESCO, e suas ruas pitorescas estão repletas de joias escondidas e atrações para explorar. Aqui estão algumas das principais atrações obrigatórias de Ouro Preto, Brasil.

MUSEU CASA GUIGNARD

Inaugurado em 1987, o Museu Casa Guignard presta homenagem a Alberto da Veiga Guignard, um dos melhores pintores e designers brasileiros do século XX. O museu guia os visitantes através de uma linha do tempo, desde o nascimento de Guignard até sua morte, com uma exibição que celebra tanto suas obras artísticas quanto sua vida pessoal. Há três salas no museu com exposições permanentes e suas pinturas captam sua paixão e amor pelas paisagens brasileiras, especialmente Ouro Preto .

BASÍLICA NOSSA SENHORA DO PILAR

Uma das igrejas mais conhecidas de Ouro Preto , a Basílica Nossa Senhora do Pilar é uma igreja católica no centro histórico da cidade. Sua construção começou no final do século 17 e hoje permanece em bom estado, com um interior banhado a ouro e intricadamente esculpidas figuras religiosas dentro. A fim de proteger as delicadas esculturas artísticas internas – algumas com séculos de idade – as fotos são proibidas no interior da igreja.

MUSEU DA FARMÁCIA

Como parte da Escola de Farmácia integrada à Universidade Federal de Ouro Preto, o Museu da Farmácia é dedicado aos estudos e à prática profissional de farmácia e medicina entre os séculos XIX e XX em Ouro Preto. As exibições incluem um arquivo preservado de anotações (algumas locais, algumas da Europa), equipamentos e diferentes tipos de medicamentos e remédios que datam do século XVIII.

PARQUE ESTADUAL DO ITACOLOMI

Apenas nos arredores de Ouro Preto fica o Itacolomi, um parque estadual formado por paisagens montanhosas e atrações naturais, como uma cachoeira pitoresca e um lago seguro para se nadar. O parque é popular entre os caminhantes que podem aproveitar as dezenas de diferentes atrações. caminhos no parque, incluindo a subida do pico do Itacolomi – um dos pontos mais altos da região – que proporciona amplas vistas sobre Minas Gerais. O parque também tem um centro de visitantes e um restaurante, embora se você for caminhar, ainda é aconselhável levar água e lanches com você.

MINA DU VELOSO

A Mina do Veloso é uma antiga mina de ouro com 400 metros de câmara subterrânea sustentada por pilares. Um guia leva os visitantes através da mina, descrevendo a história da busca do ouro pelo Brasil e as várias técnicas empregadas pelos africanos escravizados que lá trabalhavam, além de discutir o dia-a-dia e os costumes dos mineiros. O tour está disponível em Português e Inglês.

IGREJA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Projetado por Aleijadinho – um dos maiores artistas e escultores barrocos do Brasil – e construído em 1768, a Igreja de Francisco de Assis, perfeitamente preservada, é um dos marcos arquitetônicos mais famosos de Ouro Preto. O interior da igreja é ricamente decorado com madeira dourada e figuras religiosas intricadas (também esculpidas por Aleijadinho ), e o teto de madeira exibe a arte de Manuel da Costa Ataíde :, um mural gigante pintado à mão que levou nove anos para pintar e pintar. é considerada a melhor obra-prima de Ataide.

MUSEU DO ORATÓRIO

O Museu do Oratório possui uma grande coleção de oratórios, figuras religiosas, altares intricados e santuários que datam dos séculos XVII e XX. O museu está situado dentro da Casa do Noviciado, uma mansão reformada de três andares, onde o arquiteto e artista barroco Aleijadinho temporariamente viveu enquanto trabalhava na Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

TEATRO MUNICIPAL DE OURO PRETO

Construído em 1769 por João de Souza Lisboa e aberto apenas um ano depois, o Teatro Municipal de Ouro Preto é um dos mais antigos das Américas e supostamente o primeiro do Brasil a permitir mulheres no palco. A fachada modesta do teatro contrasta com a elegância no interior, com as varandas, o palco e o assento preservando seu passado colonial. O teatro tem shows regulares, incluindo óperas e orquestras.

CASA DOS CONTOS

O museu Casa dos Contos está situado em um edifício do século XVIII que já foi uma casa do tesouro ocasionalmente usada como prisão temporária para os envolvidos na revolução da Inconfidência. Atualmente, a antiga mansão foi transformada em um museu que guia os visitantes pela história do ouro e do dinheiro no Brasil. O museu também decora quartos para mostrar como eles podem ter olhado séculos atrás, enquanto no porão há uma exposição móvel contendo vários itens da escravidão.